Logo retangular.jpg

A edição 2018 do Colóquio Internacional de História da Arte: Trompe l’oeil  e quadratura - conceitos, processos operativos e o uso de textos científicos entre o Renascimento e o Rococó", se realizará em Belo Horizonte, entre os dias 11 e 14 de setembro de 2018.

 

 

O evento contará com a participação de prestigiados pesquisadores do Brasil, de Portugal, da Itália, da Espanha e da Colômbia, que através de conferências, mesas redondas e debates, discursarão sobre o estado da arte dos atuais estudos sobre história da arte, pintura, quadratura e ao mesmo tempo, aprofundarão as discussões e análises sobre temas atuais no campo da História da Arte e da História da Ciência

 

PROGRAMAÇÃO
 

 

CONFERÊNCIA DE ABERTURA

Fauzia Farneti ( UNIVERSIDADE DE FLORENÇA) 

Italia, Spagna, Portogallo e Brasile: la migrazione delle forme dell’architettura dipinta

 

 

 

 

 

CONFERENCISTAS CONFIRMADOS:

Aziz José de Oliveira Pedrosa (UEMG)

A Basílica Ermida de Nossa Senhora da Piedade: a arquitetura, a arte e seu tempo

 

 

 

Alex Fernandes Bohrer (IFMG)

A influência dos impressos na talha portuguesa no início do século XVIII em Minas Gerais: um modismo de tradição não teórica

 

 

 

Alfredo José Morales Martínez (UNIVERSIDADE DE SEVILHA)

Arquitecturas fingidas y perspectivas: pinturas murales del barroco sevillano

 

 

 

Andre Guilherme D. Dangelo; Vanessa Borges Brasileiro; Izabela Berg (UFMG)

Uma visita à arquitetura do Aleijadinho: o projeto não construído pelos Franciscanos de São João del-Rei e suas proximidades com as fontes gráficas e experimentações formais do tardo barroco internacional

 

 

 

Carla Bromberg (PUC-SP)

As relações das artes da pintura e da escultura com o espaço arquitetônico em tratados dos séculos XV ao XVIII

 

 

 

Celina Borges Lemos (UFMG)

Algumas contribuições de Sylvio de Vasconcellos no estudo da pintura oitocentista em Minas Gerais

 

 

 

 

Célio Macedo Alves (UFOP)

Tratados de arquitetura em Minas Gerais no século XVIII: Algumas perspectivas de estudo

 

 

 

 

Javier Navarro de Zuvillaga (UNIVERSIDADE COMPLUTENSE DE MADRI)

Los tratados de Geometría y Perspectiva de Antonio de Torreblanc

 

 

 

João Paulo Cabeleira Marques Coelho (UNIVERSIDADE DO MINHO)

Sistematização da ciência perspéctica. Fontes e enunciados teóricos nos tratados da óptica e da perspectiva de Inácio Vieira

 

 

 

Jorge Galindo Díaz (UNIVERSIDADE NACIONAL DA COLÔMBIA)

 La representación del espacio para la guerra durante el siglo XVIII: la enseñanza de la perspectiva a través de los tratados de fortificación

 

 

 

 

Luciana Braga Giovannini (UFMG)

As pinturas em perspectiva ilusionista das igrejas de Nossa Senhora do Rosário do Pretos de Tiradentes e Matriz de Santo Antônio de Ouro Branco - séc. XVIII

 

 

 

Marcos Tognon (UNICAMP)

As "advertências" técnicas, morais e matemáticas do mestre pedreiro Valério Martins de Oliveira na Lisboa Pombalina

 

 

 

Paula Revenga (UNIVERSIDADE DE CÓRDOBA)

Espacios para la narración y artificios pictóricos barrocos: maestros españoles e italianos en las decoraciones murales de la Catedral Primada de España

 

 

 

Rodrigo Baeta (UFBA)

Sylvio de Vasconcellos: Mineiridade e modernidade na crítica à arquitetura colonial

 

 

 

Silvio Van Riel ( UNIVERSIDADE DE FLORENÇA)

Problemi di restauro e conservazione delle quadrature in palazzo Niccolini

 

 

 

Thainan Noronha de Andrade (UFMG)

Francisco de Holanda e a ascensão do artista em Da Pintura Antigua

 

 

 

Rene Lommez Gomes (UFMG)

Um pintor no reino de Melpômene: a perspectiva como recurso expressivo, segundo Samuel van Hoogstraten

 

 

 

Kellen Cristina Silva (UFSJ)

O pincel e as flores – Estudo de caso sobre o pintor Joaquim José da Natividade

 

 

 

Gustavo  Oliveira Fonseca (UFMG)

Arquitetura religiosa no sertão oeste da capitania de Minas Gerais (1757-1818)